postheadericon Evitando problemas na minha vida!


TEXTO: Gênesis 25. 27 – 34.
27 Cresceram os meninos. Esaú saiu perito caçador, homem do campo; Jacó, porém, homem pacato, habitava em tendas. 28 Isaque amava a Esaú, porque se saboreava de sua caça; Rebeca, porém, amava a Jacó. 29 Tinha Jacó feito um cozinhado, quando, esmorecido, veio do campo Esaú 30 e lhe disse: Peço-te que me deixes comer um pouco desse cozinhado vermelho, pois estou esmorecido. Daí chamar-se Edom. 31 Disse Jacó: Vende-me primeiro o teu direito de primogenitura. 32 Ele respondeu: Estou a ponto de morrer; de que me aproveitará o direito de primogenitura? 33 Então, disse Jacó: Jura-me primeiro. Ele jurou e vendeu o seu direito de primogenitura a Jacó. 34 Deu, pois, Jacó a Esaú pão e o cozinhado de lentilhas; ele comeu e bebeu, levantou-se e saiu. Assim, desprezou Esaú o seu direito de primogenitura.

INTRODUÇÃO:
Esta história, apesar de muitos anos, ainda tem muito a dizer para nós. Na realidade, o exemplo de Esaú é um retrato do que vivemos atualmente. Esaú é a visão clara do homem moderno: Egoísta, profano, hedonista, imediatista, insensato, vazio, louco. A história deste homem nos revela um desfecho de tragédia, discórdia, angústia e perseguição, problemas esses que gostaríamos de evitar a qualquer custo, mas que nos perseguem constantemente. Porque isso aconteceu e acontece? É por causa da natureza pecaminosa que habitava Esaú, e que habita em nós hoje. Como vencer isso então? Com evitar os problemas que Esaú enfrentou, já que a história está ai para nos ensinar? É isso que veremos neste momento: Como evitar os problemas na vida!
Para evitar problemas na vida é preciso:
1º) RESPEITAR OS LIMITES.
“...quando, esmorecido, veio do campo Esaú...” (v. 29). “...Peço-te que me deixes comer um pouco desse cozinhado vermelho, pois estou esmorecido.” (v. 30).
Diz o texto um pouco antes, no verso 27, que “Esaú era perito caçador, homem do campo”. Ou seja, Esaú dominava o oficio da caça, e fazia isso tão bem, que seu pai o amava, dado aos presentes que recebia de Esaú. Esaú era perito, e como tal conhecia as técnicas, os caminhos, as formas de se obter a melhor caça da melhor maneira possível, sempre na área de segurança e domínio da situação. Porém, parece que neste momento do texto essa não era a realidade de Esaú. Mesmo ele sendo profundo conhecedor das técnicas e artimanhas, neste momento ele foi além, cansou-se, extenuou-se, foi além da normalidade, como dizem por ai, “perdeu as estribeiras”! Quando isso aconteceu, Esaú tornou-se vulnerável. O mesmo acontece conosco. Quando desrespeitamos os limites, ficamos vulneráveis, expostos, frágeis a qualquer situação. satanás sabe disto, e irá tentar te levar aos extremos, para então poder te derrubar e derrotar. Por isso, respeite seus limites, não vá além de suas forças naturais, quando isso for necessário, Deus irá fazê-lo por você, junto com você, para lhe preservar e te conduzir a vitória. Muitos problemas são evitados quando entendemos isso, e agimos dentro de nossas possibilidades. Se não pode com bebida – não beba! Se não pode com prostituição – não se prostitua! Se é com comida – discipline-se! Se não sabe gastar – nem entre em uma loja! Um segredo para a vitória é respeitar seus limites e aguardar em Deus, pois é Ele quem irá fazer o sobrenatural em sua vida!
Para evitar problemas na vida é preciso:
2º) RECONHECER AS CILADAS.
“Disse Jacó: Vende-me primeiro o teu direito de primogenitura.” (v. 31).
Exposto como Esaú estava, uma cilada foi exposta para ele. Ele não teve condições e não a reconheceu. Nas horas cruciais de nossas vidas, muitas propostas serão feitas a nós para resolvermos o possível problema, é ai que precisamos estar espertos, alertas, vigilantes, para não cairmos em tentação. Esaú expos sua fome, sua fraqueza, Jacó fez-lhe uma oferta tentadora que aparentemente resolveria todos os seus problemas. Veja bem, a cilada tem bem essas características: Ela aparece em horas extremas, onde estamos fracos e expostos, e prometem levar fora todos os nossos problemas. Fracos, aceitamos, caímos, e somente depois de envolvidos por ela, percebemos que na realidade caímos em um buraco mais profundo. Para evitar as ciladas, respeite seus limites, não se exponha, não se enfraqueça, mantenha-se sóbrio e vigilante, como nos alerta o Apóstolo Pedro em I Pe. 5. 9. Só quem está de sentinela sabe os perigos que lhe rondam, então não baixe a guarda, não dormite quanto a sua vida e santidade, e Deus lhe dará vitória sobre as ciladas da vida!
Para evitar problemas na vida é preciso:
3º) VALORIZAR AQUILO QUE DEUS LHE DEU.
“Ele respondeu: Estou a ponto de morrer; de que me aproveitará o direito de primogenitura?” (v. 32).
Exposto e diante de uma cilada, Esaú jogou na lata do lixo o bem precioso que Deus havia lhe dado – sua primogenitura. Por causa disto Esaú foi tido como devasso, profano (Hb. 12. 16), reprovável aos olhos do SENHOR! Essa é a imagem que você quer ter diante de Cristo? É assim que você quer ser identificado no dia do juízo do SENHOR? Se sim, lance fora tudo aquilo que Deus lhe deu, jogue na lata do lixo as bênçãos presenteadas por Deus. Agora, se não é isso que você deseja, então valorize o que Deus tem lhe dado.
Valorize sua família
Valorize sua igreja.
Valorize seu trabalho.
Valorize seu patão.
Valorize sua vida.
Não abra mãos das coisas excelentes que Deus tem lhe dado em troca de um mísero prato de lentilhas! Não abra mão de sua família por causa de um caso extraconjugal. Não abra mão de sua sobriedade pelo prazer de mais um gole de bebida. O que Deus tem lhe dado, é muito maior e melhor que os valores transitórios deste mundo. Não abra mão dos tesouros nos céus por causa do apego ao vil metal, ao dinheiro que hoje se tem, e amanhã vai embora. Não abra mão da eternidade em troca de valores que nem irão lhe acompanhar depois da morte. Deus tem lhe dado muito mais do que você precisa, tem lhe concedido bênçãos maravilhosas, reconheça e valorize isso.
CONCLUSÃO:
Problemas todos tem, e a vida irá ainda reservar mais uns para cada um de nós, porém, se observamos esses passos e buscarmos a sabedoria quem vem do alto, evitaremos problemas mais graves, evitando também as consequências quem vem a reboque, podendo assim, viver com mais tranquilidade e paz a cada dia.
Em Cristo.
Pr. José Ricardo Capelari

postheadericon Os Três Tipos de pessoas*


Lucas 10.30-35
As pessoas podem ter diferentes atitudes em relação a Deus. Estas atitudes podem variar desde um grande temor e fé até uma profunda apatia em relação a Deus. A Bíblia mostra três tipos de pessoas no mundo, conforme a atitude que se tem para com Deus. O incrédulo, o religioso e o qubrantado. Todas as pessoas que habitam no mundo estão dentro de uma destas três categorias.
1. O Incrédulo.
O incrédulo é representado pelos salteadores - possuem um coração sem o temor de Deus.,
Não possuem amor para com o seu próximo.
Não tem interesse em Deus.
Não teme a Deus nem o respeita.
Despreza Deus como se Ele não existisse.
Governa a sua vida e faz o que quer, qdo quer e como quer.
Não confia em Deus nem depende de Sua direção.
Ele é escravo de si mesmo e está preso nos enganos do pecado, do mundo e de satanás (Ef 2.2,3).
Está perdido e se morrer irá perecer eternamente sem Deus.
2. O Religioso.
O religioso é representado pelo sacerdote e pelo Levita.
O religioso é muito diferente do incrédulo. Acredita em Deus e procura fazer algumas coisas que são boas. Lê a Bíblia, faz oração, canta, vai a reuniões da igreja, dá dízimo e oferta, etc.
Mas parece com o incrédulo.
Tem o EU no centro de sua vida.
Vive para si mesmo.
Não tem uma verdadeira experiência de arrependimento e de fé em Jesus.
Confia na sua própria capacidade para viver e não depende de Deus.
É alguém que ainda não se rendeu ao senhorio de Cristo.
Gosta de procurar a Deus pelo que pode receber dele e não pelo que pode oferecer a Ele.
Busca somente as mãos de Deus e não a Sua face.
Vive como se Deus existisse apenas para servi-lo, abençoá-lo, curá-lo.
É pior que o incrédulo porque usa um véu religioso sobre os seus olhos que o impedem de ver o seu verdadeiro estado de miséria.
Caso não se arrependa, também estará perdido. Na parábola, o sacerdote e o levita eram muito religiosos e por causa de sua religiosidade não pararam para fazer a vontade de Deus e para amar o necessitado.
3. O quebrantado**.
O quebrantado é representado pelo samaritano - agrada o coração de Deus. O modo como aquele samaritano cuidou do viajante revela o que havia no seu coração diante de Deus. As nossas ações e reações sempre revelam a atitude que temos para com Deus. Não é tanto o que falamos, mas como agimos e reagimos, como fruto de um quebrantamento. Deus quer que sejamos pessoas quebrantadas diante de Jesus.
É aquele que experimentou um genuíno arrependimento e que realmente colocou sua confiança no Senhor.
Abandonou os seus antigos pecados e assumiu um compromisso sério com o Reino de Deus.
Não vive mais para si mesmo nem fazer mais o que quer, porém, cumprir totalmente a vontade de Deus.
Recebeu a Jesus não somente como Salvador, mas também como Senhor de sua vida.
Como você vai participar da CEIA? Todos podem participar, porém: Como incrédulo – efeito nenhum terá a Ceia. Como religioso – Será apenas cumprimento de um ritual que tem sentido em si mesmo. Porém como Quebrantado, vc se alimenta espiritualmente e relembra com emoção do grande sacrifício que Jesus fez por vc na cruz do calvário e aguarda ansiosamente por sua volta.

*Texto original adaptado do Rev. Dom João da Silva Varella
**Onde se lê "quebrantado", no original lê-se "discipulo"
Ocorreu um erro neste gadget

Você é nosso visitante

Obrigado!

Seguidores

Voltemos ao Evangelho

Diga não a essa atrocidade!

Diga não a essa atrocidade!
Pedofilia é crime!

Afiliado a UBE



Sociedade Calvinista

Bases da Reforma

Bases da Reforma
Valores da liberdade protestante

Dicionário Hebraico

Tradutor Online
Desenvolvido por Alexandre Rossi. Tecnologia do Blogger.

Siga-me no Twitter

Siga-me no Twitter
twitter.com/_capelari

Vale a pena ler!

  • O Livro mais mal humorado da Bíblia - Ed René Kivitz
  • O discipulado dinâmico - Kuhne
  • Religião, uma bandeira do inferno - Glenio Paranaguá
  • Cruz Credo, o credo da cruz - Glenio Paranaguá
  • Ponha ordem em seu mundo interior - Gordon McDowell
  • Corra com os cavalos - Eugene Peterson
  • Pastoreando a Igreja - Joseph Stowell
  • Liderança em tempos de crise - Charles Swindoll
  • Bíblia Sagrada - Todas edições
  • Revista Ultimato

Click na imagem e ouça a rádio da Igreja Presbiteriana do Brasil

IPB - Rádio & TV

IPB - Rádio & TV
Todas as quartas-feiras pela RTV Canal 10 às 20:00hs para Maringá e região. Click e acesse o conteúdo on line

Conheça a PL 22

NÃO À PL 122