postheadericon A luta de José Alencar, um brasileiro!

No dia 25 de abril, fiz um post sobre a Dilma Roussef e o anuncio de seu linfoma, confesso que peguei um pouco pesado, porém, num geral mantenho a mesma opnião da época: A Dilma usou seu problema para fazer campanha eleitoreira, dizendo-se mais uma lutadora, mas sem conhecer na realidade o que é a luta dos que dependem do SUS e enfrentam as filas nas vigilias da noite, sem a esperança e a alegria de uma consulta ou diagnóstico imediato. Atitude diferente tem o Vice-Presidente José Alencar, que diariamente enfrenta lutas e reveses diante de um cancer insistente que visivelmente está minando as forças deste destemido cidadão brasileiro. Não sei a fé de José Alencar, não conheço a sua religião, mas sei de uma coisa, José Alencar crê em Deus, digo isso ao ouvir sua declaração que diz: "não estou entregue a ela (a doença), estou entregue a quem sempre estive, a Deus" - bonito isso, digo mais, emocionante! Ouvi mais ainda: "não estou sorrindo agora, pois se estivesse sorrindo, estaria desmerecendo a doença". Isso se chama respeito, respeito a um adversário a altura, mesmo que não se goste dele, porém se respeita, isso mostra os valores deste homem, tais como: respeito, hombridade, integridade, entre outros.
Quero deixar bem claro, não estou fazendo apologia política, estou ressaltando que ainda há homens públicos e envolvidos com a política que carregam coisas boas, valores integros e acima de tudo, honestidade e hombridade.
Torço por este homem, orando para que Deus tenha misericórdia dele.

postheadericon De que forma você encara a vida?

Em I Samuel 17, vemos a história da batalha do povo de Israel contra os filisteus, onde durante 40 dias, o povo de Deus se encontrava acuado, amendrontado, e prestes a uma derrota colossal por causa da afronta de um gigante chamado Golias. Na realidade, além de afrontar o povo de Deus, Golias afrontava o próprio Deus de Israel, zombando do poder e da glória do Senhor todo poderoso. Os espectadores deste fato, viam tudo o que acontecia, e a cada momento mais eram tomados pelo medo e desanimo, trazendo para perto de si a inevitável derrota na batalha, isso acontecia por causa do pessimismo e do medo que levava a falta de visão do que Deus já havia feito e ainda estava por fazer ao Seu povo. A história se desenrolava tragicamente quando aparece um jovem chamado Davi, que aparecera para trazer mantimento aos seus irmãos que lutavam no fronte. Tomado por uma curiosidade interessante, Davi tenta se inteirar do que acontece no local e é informado de tudo, porém, o que nos é interessante aqui, é a forma que Davi vê os fatos, diferente da forma que o restante do povo vê, pois mesmo sendo informado da situação por aqueles que estavam amendrontados e naturalmente contaminaram a informação com pessimismo, Davi encara a situação de uma outra forma, por um outro prisma, e é aqui que eu gostaria de lhe trazer 4 lições, para que diante das lutas e circunstâncias difíceis da vida, você possa encarar a vida de forma diferente e assim sair das batalhas como um (a) vencedor (a).

1º) Crer que o por vir é maior e melhor de que o que passou.

Quando Davi resolve que vai lutar contra Golias e calar a boca do gigante que afrontava o seu Deus, o rei Saul tenta impedí-lo, mostrando que o jovem rapaz era inexperiente e incapaz de vencer uma batalha destas proporções, porém, Davi faz o seguinte relato de um fato acontecido em sua vida: O teu servo matou tanto o leão como o urso; este incircunciso filisteu será como um deles, porquanto afrontou os exércitos do Deus vivo.” (I Samuel 17. 36). Ou seja, Davi relembra do livramento de Deus no passado, para lhe motivar para o futuro. Nas nossas vidas é da mesma forma, pois os acontecimentos presentes tentam nos desanimar, nos incapacitar, porém, quando olhamos para o que Deus já fez por nós, dos livramentos que nos deu, das vitórias que alcançamos pela graça misericordiosa de Jesus Cristo, conseguimos vislumbrar o tamanho do livramento que o Senhor ainda tem para nos dar, e isso meus amados, é maravilhoso, motivador, e importante para nossa vitória no porvir, por isso não vamos ficar presos no passado, o futuro com Deus será bem maior e melhor!

2º) Crer naquilo que o Senhor te deu e não olhar para o que é dos outros.

Quando o rei Saul vê a determinação de Davi para lutar, ele resolve vestir o jovem rapaz com suas roupas de batalha, isso era uma honra tremenda, pois um plebeu ser vestido com uma armadura real, demonstrava no mínimo que esta pessoa era reconhecida pelo rei como alguém digno e valente, porém veja o que acontece: Davi cingiu a espada sobre a armadura e experimentou andar, pois jamais a havia usado; então, disse Davi a Saul: Não posso andar com isto, pois nunca o usei. E Davi tirou aquilo de sobre si” (I Samuel 17. 39). Davi se vê envolto naquela roupa desajustada ao seu tamanho, desconfortável, porém real, pomposa, mas que não lhe ajustara bem, e num ato de coragem diz ao rei que preferia ir como ele era mesmo, com o que ele tinha, e não com o que era de outro, essa lição serve para nós quando ficamos de olho nas benção dos outros, nos fatos ocorridos na vida alheia, e desejamos o mesmo para nós, é a síndrome da "grama mais verdinha", quando achamos que o que é dos outros é melhor: quando achamos que a família dos outros é melhor, os filhos dos outros são melhores, o carro, a casa, o emprego dos outros são melhores, e isso gera em nós desconforte e infelicidade, e por consequência traz maldição, isso porque não nos alegramos com o que Deus tão generosamente tem nos dado, por isso não fique de olho no que é dos outros, creia em Deus e viva com o que é seu!

3º) Crer na voz do Senhor e não na voz de homens.

A história continua e Davi chega diante de Golias, que ao ver o jovem rapaz começa a zombar dele, tentando desanimá-lo e amendrontá-lo com a seguinte atitude: Olhando o filisteu e vendo a Davi, o desprezou, porquanto era moço ruivo e de boa aparência”. (I Samuel 17. 42). Nas horas cruciais da vida, sempre aparecem aqueles que querem nos desanimar, uns até parecem bem intencionados, mas na realidade são boca de satanás para impedir nosso progresso, e os que estão despreparados, que estão distantes de Deus e por isso não reconhecem mais o som de Sua voz, acabam sucumbindo e sendo derrotados pelos problemas da vida, por isso independente do que digam a você, continue seguindo somente a Jesus Cristo.

4º) Crer no poder do Senhor, mesmo que seu problema pareça ser maior.

Davi ao ver o gigante poderia ter desistido, pois ao ver aquele homem com aproximadamente 3 metros de altura, qualquer um estremeceria em suas bases e normalmente sairia em retirada. Imagino a cena daquele crescendo diante de Davi a cada passo dado, porém ao vê-lo e ouví-lo, Davi diz: Saberá toda esta multidão que o Senhor salva, não com espada, nem com lança; porque do Senhor é a guerra, e ele vos entregará nas nossas mãos”.(I Samuel 17. 47). Os problemas da vida tenta se agigantar a cada passo diante de nós, muitas vezes somos acometidos por situações inesperadas e que parecem impossíveis de se resolver, as vezes são dívidas, outras vezes doenças, e outras vezes ainda discuções ou brigas que parecem que não poderão ser resolvidos, mas saiba que não há problemas que Cristo não possa resolver, Ele mesmo deu a sua vida para pagar nossa maior dívida, curar nossa maior doença, resolver nosso maior problema de relacionamento, isso tudo simplesmente por nos amar e desejar nos ver bem e acolhidos pela Sua graça, poir isso entenda que nada é maior que o poder de Jesus Cristo em sua vida!

Observe estas lições, aplique-as em sua vida e vença pelo poder e graça do Senhor Jesus Cristo.

Soli Deo Gloria.

Pr. José Ricardo Capelari

postheadericon Dez Coisas que Levei Anos Para Aprender - Por Luiz Fernando Veríssimo

1. Uma pessoa que é boa com você, mas grosseira com o garçom, não pode ser uma boa pessoa.

2. As pessoas que querem compartilhar as visões religiosas delas com você, quase nunca querem que você compartilhe as suas com elas.

3. Ninguém liga se você não sabe dançar. Levante e dance.

4. A força mais destrutiva do universo é a fofoca.

5. Não confunda nunca sua carreira com sua vida.

6. Jamais, sob quaisquer circunstâncias, tome um remédio para dormir e um laxante na mesma noite.

7. Se você tivesse que identificar, em uma palavra, a razão pela qual a raça humana ainda não atingiu (e nunca atingirá) todo o seu potencial, essa palavra seria "reuniões".

8. Há uma linha muito tênue entre "hobby" e "doença mental".

9. Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito.

10. Nunca tenha medo de tentar algo novo. Lembre-se de que um amador solitário construiu a Arca. Um grande grupo de profissionais construiu o Titanic.

Luiz Fernando Veríssimo

postheadericon Agora é a vez do Davi!


Amigos, há uns dias atras, compartilhei da alegria que minha familia estava sentindo pela notícia da gravidez da Simone, e o prazer da chegada de mais um filho, pois é, tudo já se fazia maravilhoso, mas ainda faltava a alegria de mais duas etapas da gestação: saber o sexo e a chegada do parto. O parto ainda está longe, pois a gestação está de somente 14 semanas e meia, porém a outra etapa nós já sabemos: é um menino!
Deus realmente é bom e generoso, pois após a vinda de nossa primogênita Ana Júlia (cujo o significado do nome foi escolhido a dedo: ANA - cheia de graça e JÚLIA - cheia de juventude e vigor.....qualidades presentes em nossa meninha), agora o Senhor nos concede completar o ciclo com a vinda de um menino, do qual já haviamos escolhido o nome com um certo tempo, pois desde que ficamos sabendo da gravidez, já tinhamos em mente de que sería um menino, cujo o nome é DAVI.
DAVI significa "O AMADO", algo que é verdade no caso dessa criança.
O ciclo se completa, a família se forma, e nós só temos motivos de louvar ao Senhor. Serão muitas fraldas, algumas noites mal dormidas, talvez cólicas, gargantas infeccionadas, otites, gripes, choros, bagunças descomunais, mas acima de tudo, uma alegria contagiante dentro de nossa casa com mais uma criança sapeca e feliz em nosso meio.
É maravilhoso ser pai de novo!

postheadericon Jesus era peripatético!!!!


Para Max Gehringer, articulista da Revista Você S/A, o método de Jesus não apenas foi espetacular durante o seu ministério, como também serve de parâmetro para os treinamentos corporativos.

Acompanhe...


Numa das empresas em que trabalhei, eu fazia parte de um grupo de treinadores voluntários. Éramos coordenados pelo chefe de treinamento, o professor Lima, e tínhamos até um lema: "Para poder ensinar, antes é preciso aprender" (copiado, se bem me recordo, de uma literatura do Senai).

Um dia, nos reunimos para discutir a melhor forma de ministrar um curso para cerca de 200 funcionários. Estava claro que o método convencional - botar todo mundo numa sala - não iria funcionar, já que o professor insistia na necessidade da interação, impraticável com um público daquele tamanho.

Como sempre acontece nessas reuniões, a imaginação voou longe do objetivo, até que, lá pelas tantas, uma colega propôs usarmos um trecho do Sermão da Montanha como tema do evento. E o professor, que até ali estava meio quieto, respondeu de primeira.

Aliás, pensou alto:

- Jesus era peripatético...

Seguiu-se uma constrangida troca de olhares, mas, antes que o hiato pudesse ser quebrado por alguém com coragem para retrucar a afronta, dona Dirce, a secretária, interrompeu a reunião para dizer que o gerente de RH precisava falar urgentemente com o professor.

E lá se foi ele, deixando a sala à vontade para conspirar.

- Não sei vocês, mas eu achei esse comentário de extremo mau gosto - disse a Laura.

- Eu nem diria de mau gosto, Laura. Eu diria ofensivo mesmo - emendou o Jorge, para acrescentar que estava chocado, no que foi amparado por um silêncio geral.

- Talvez o professor não queira misturar religião com treinamento - ponderou o Sales, que era o mais ponderado de todos.

- Mas eu até vejo uma razão para isso...

- Que é isso, Sales? Que razão?

- Bom, para mim, é óbvio que ele é ateu.

- Não diga!

- Digo. Quer dizer, é um direito dele. Mas daí a desrespeitar a religiosidade alheia...

Cheios de fúria, malhamos o professor durante uns dez minutos e, quando já o estávamos sentenciando à fogueira eterna, ele retornou.

Mas nem percebeu a hostilidade.

Já entrou falando:

- Então, como ia dizendo, podíamos montar várias salas separadas e colocar umas 20 pessoas em cada uma. É verdade que cada treinador teria de repetir a mesma apresentação várias vezes, mas... Por que vocês estão me olhando desse jeito?

- Bom, falando em nome do grupo, professor, essa coisa aí de peripatético, veja bem...

- Certo! Foi daí que me veio a idéia. Jesus se locomovia para fazer pregações, como os filósofos também faziam, ao orientar seus discípulos. Mas Jesus foi o Mestre dos Mestres, portanto a sugestão de usar o Sermão da Montanha foi muito feliz. Teríamos uma bela mensagem moral e o deslocamento físico... Mas que cara é essa?... Peripatético quer dizer "o que ensina caminhando".

E nós ali, encolhidos de vergonha.

Bastaria um de nós ter tido a humildade de confessar que desconhecia a palavra que o resto concordaria e tudo se resolveria com uma simples ida ao dicionário. Isto é, para poder ensinar, antes era preciso aprender.

Finalmente, aprendemos. Duas coisas:

A primeira é: o fato de todos estarem de acordo não transforma o falso em verdadeiro.

A segunda é: que a sabedoria tende a provocar discórdia, mas a ignorância é quase sempre unânime.


extraído de http://www.genizahvirtual.com/
***
Fonte: MAX GEHRINGER Revista Você S/A

postheadericon O que faz bem pra minha saúde!

Por Luiz Fernando Veríssimo

Acho a maior graça. Tomate previne isso,cebola previne aquilo, chocolate faz bem, chocolate faz mal, um cálice diário de vinho não tem problema, qualquer gole de álcool é nocivo, tome água em abundância, mas não exagere...

Diante desta profusão de descobertas, acho mais seguro não mudar de hábitos.

Sei direitinho o que faz bem e o que faz mal pra minha saúde.

Prazer faz muito bem.
Dormir me deixa 0 km.
Ler um bom livro faz-me sentir novo em folha.
Viajar me deixa tenso antes de embarcar, mas depois rejuvenesço uns cinco anos.
Viagens aéreas não me incham as pernas; incham-me o cérebro, volto cheio de idéias.
Brigar me provoca arritmia cardíaca.
Ver pessoas tendo acessos de estupidez me
embrulha o estômago.
Testemunhar gente jogando lata de cerveja pela janela do carro me faz perder toda a fé no ser humano.
E telejornais... os médicos deveriam proibir - como doem!
Caminhar faz bem, dançar faz bem, ficar em silêncio quando uma discussão está pegando fogo,
faz muito bem! Você exercita o autocontrole e ainda acorda no outro dia sem se sentir arrependido de nada.
Acordar de manhã arrependido do que disse ou do que fez ontem à noite é prejudicial à saúde!
E passar o resto do dia sem coragem para pedir
desculpas, pior ainda!
Não pedir perdão pelas nossas mancadas dá câncer, não há tomate ou mussarela que previna.
Ir ao cinema, conseguir um lugar central nas fileiras do fundo, não ter ninguém atrapalhando sua visão, nenhum celular tocando e o filme ser espetacular, uau!
Cinema é melhor pra saúde do que pipoca!
Conversa é melhor do que piada.
Exercício é melhor do que cirurgia.
Humor é melhor do que rancor.
Amigos são melhores do que gente influente.
Economia é melhor do que dívida.
Pergunta é melhor do que dúvida.
Sonhar é melhor do que nada!

postheadericon Cobra comendo Cobra!!!!

Acompanhei a reportagem de destaque do Jornal Nacional do dia 11 de agosto de 2009, tratando da acusação feita pelo Ministério Público do estado de São Paulo a pessoa do Sr. Edir Macedo e a mais 9 pessoas ligadas a ele. O destaque da notícia foi incomum, algo dado somente a fatos grandiosos, como no caso do acidente com o avião da Tam em São Paulo, ou ao título do tetra em 94. A edição do Jornal Nacional realmente caprichou nos detalhes investigativos, nas edições de arte para ilustrar que Edir Macedo e sua [sic] "quadrilha" estavam sendo acusados de desvio de finalidades e lavagem de dinheiro. Vi tudo aquilo, porém meu pensamento não ficou preso a informação e sim, na finalidade da informação, que sinceramente neste caso, não foi para abrir os olhos do telespectador, mas sim fechar os olhos de quem assistia, e porque digo isso? Digo porque o que a Globo tentou aqui é fechar os olhos dos espectadores para a Record, sua concorrente direta e a altura na briga pela audiência, anunciantes e prestigio (e sinceramente digo que estou no campo das suposições, pois não tenho dado técnico para isso, e sim, observações pessoais). Eles apostam que as pessoas deixarão de assistir a concorrente, por desacreditarem no seu dono, se não todos, uma parte, o que já é um grande lucro!
E ainda tem mais! Quem poderá acusar a Globo de perseguição religiosa ou desprestigio ao povo evangélico? Não foi a Globo que há aproximadamente dois meses colocou no ar durante uma semana inteira uma série de reportagens elogiando e destacando os evangélicos por suas obras de ação social? É meus amigos, o ponto foi dado com um belo nó neste caso, enquanto o MP/SP investigava o Sr. Edir Macedo, a Globo já se preparava, antes fez sua "cama" falando bem dos evangélicos, para depois surrar um de seus icones comtemporâneos.
Mas tem o outro lado, pois o Sr. Edir Macedo não é realmente nenhum santo (aliás, nenhum de nós somos), pois já há tempos que este homem vem fazendo o que a justiça expõe agora. Quem não sabe que ele usa o dinheiro da igreja, dado por fiéis para enriquecer sua conta bancária? Quem não sabe que ele usa o dinheiro da igreja para aplicar na Record, e assim criar um novo império, não para edificação do povo evangélico brasileiro, mas para a vanglória humana. Se hoje o Edir Macedo está "apanhando", sendo "surrado" pela midia num todo, é porque ele mereceu isso, usando de ardilosas tramóias espirituais, para encher sua "sacolinha". Gente, o homem tem culpa no cartório! De bonzinho, o Sr. Macedo não tem nada!
E como eu disse no título deste post: "É cobra comendo cobra!"
Que Deus tenha misericórdia de nós, e que o povo evangélico entenda de uma vez por todas, que a graça não se compra nos cultos de libertação, pois a graça foi dado por Cristo, na sua morte vicária na cruz. Que entenda também que não adianta levantarmos "ícones" evangélicos atuais, pois eles caem! E que entendam também, que a religião deve ser pura, sem mácula, sem barganha, sem indulgências (evangélicas e católicas romanas), e que o melhor a fazer é: buscar orientação e sabedoria na palavra, nas orações e no jejum, sempre visando a glória de Deus!


postheadericon Igreja Presbiteriana do Brasil - 12 de Agosto - 150 anos de história









Simonton: Perfil de um pioneiro



http://www.ipb.org.br/images/transp-5.gif

Rev. Alderi Souza de Matos

Um personagem só pode ser compreendido se levarmos em conta sua formação, as influências que recebeu, os f atores que contribuíram para moldar sua personalidade e seu caráter. O primeiro dado importante acerca do rev. Simonton é sua nacionalidade. Quando ele nasceu (1833) em West Hanover, na Pensilvânia, os Estados Unidos era m ainda uma nação jovem, tendo conquistado a independência há pouco mais de meio século.

O novo país se orgulhava de suas instituições democráticas, de seu apego às leis, de seu sistema educacion al, de seu progresso econômico e social. Ao mesmo tempo, havia tensões crescentes: as diferenças entre o Norte o Sul, o problema da escravidão, o aumento da imigração católica. Esses fatores marcaram profundamente o jove m Simonton à medida que se preparava para a vida adulta, como se pode perceber em seu diário.

Outra influência fundamental foi a fé presbiteriana que herdou de seus pais, descendentes dos célebres esc oceses-irlandeses. Sua mãe era filha de um pastor e seu pai um honrado médico e homem público, tendo represent ando seu estado no Congresso americano, em Washington. O casal deu ao filho caçula Ashbel e a seus muitos irmã os uma educação aprimorada, marcada por sólidos valores éticos e religiosos.

Um terceiro fator que marcou a trajetória de Simonton foi a tradição puritana, tão importante na história dos Estados Unidos. Um legado dessa tradição foi o grande fervor espiritual, a intensa busca de comunhão com D eus que contribuiu para os freqüentes avivamentos da época. Em um deles, ocorrido em 1855, o jovem presbiteria no se converteu e sentiu despertar em seu íntimo a vocação ministerial, ingressando no Seminário de Princeton.

Outro elemento significativo de sua formação resultou de uma mescla dos anteriores. Desde o início, os ame ricanos se sentiram um povo especialmente aquinhoado por Deus, escolhido para levar a outras nações os mesmos benefícios que havia recebido. Essa convicção, mais tarde denominada ?destino manifesto?, se associou aos aviv amentos para produzir um extraordinário movimento missionário de âmbito mundial que se estendeu por todo o séc ulo 19 e o início do século 20. Atraído por essa visão durante os estudos teológicos, Simonton desistiu de ser um pastor em seu próprio país e resolveu dedicar-se à causa das missões estrangeiras.

Assim sendo, o jovem pregador, que chegou ao Brasil no dia 12 de agosto de 1859, estava bastante preparado e motivado para seu difícil trabalho. Tinha excelente formação intelectual, um caráter íntegro e grande entusiasmo pela tarefa que entendia ter recebido de Deus. Vencidos os desafios iniciais de aprender o idioma e se adaptar a uma cultura tão diferente da sua, ele se lançou com afinco à sua missão. Metódico, operoso e perseverante, Simonton lançou em poucos anos as bases do presbiterianismo brasileiro, criando várias estruturas pioneiras: a primeira igreja (1862), o primeiro jornal (1864), o primeiro presbitério (1865) e o primeiro seminário (1867). Apesar da grande dor que sentiu ao perder a jovem esposa, reuniu forças para dar continuidade às suas atividades evangelísticas e pastorais, encerrando sua carreira prematuramente aos 34 anos de idade (1867), na cidade de São Paulo, vitimado pela febre amarela.

Não sabemos o que mais Simonton teria realizado se tivesse tido uma vida mais longa. É razoável supor que, sob sua liderança prudente e equilibrada, a caminhada da nova igreja teria sido mais tranqüila e talvez a divisão de 1903 não viesse a ocorrer. Mas isso é entrar no terreno das conjecturas. O importante, ao comemorarmos o 149º aniversário da chegada desse missionário fundador ao Rio de Janeiro, é lembrar com gratidão seu idealismo e desprendimento, seu amor pelo povo brasileiro, sua profunda dedicação a Cristo e ao projeto de vida que abraçou. A Igreja Presbiteriana do Brasil terá muito a se beneficiar se os seus líderes, ministros e membros forem imbuídos desse mesmo espírito, o que irá resultar em maior coerência e fidelidade no cumprimento de sua missão na sociedade brasileira.

em http://www.ipb.org.br/sesquicentenario/home.php?pg=0

postheadericon GRIPE A (H1N1)- 10 Mandamentos para a prevenção!

OS 10 MANDAMENTOS
CONTRA GRIPE A
1. Lave sempre as mãos com sabonete
2. Alimente-se bem e beba muita água
3. Agasalhe-se no frio
4. Evite aglomerações de pessoas
5. Evite ambientes fechados com pouca
ventilação
6. Ao espirrar ou tossir, cubra o nariz e a
boca com lenço
7. Se estiver com gripe, evite a proximidade
com outras pessoas
8. Cuidado redobrado no caso de gripe em
menores de 2 anos e maiores de 60 anos
9. Não se automedique
10. Na dúvida procure um Posto de Saúde.
SECRETARIA MUNICIPAL
DE SAÚDE DE LONDRINA - PR

postheadericon Tipos inúteis de fé


Existem dois meios pelos quais um homem pode perder sua alma. Quais são eles?
Ele pode perdê-la por viver e morrer sem nenhuma fé. Ele pode viver e morrer como um animal, ímpio, ateisticamente, sem a graça e incrédulo. Este é um caminho seguro para o inferno. Cuidado para não andar por ele.

Ele pode perder sua alma por aceitar determinado tipo de fé. Ele pode viver e morrer contentando-se com um cristianismo falso e descansando numa esperança sem fundamento. Este é o caminho mais comum que existe para o inferno.

O que quero dizer com fé inútil?

Em primeiro lugar, uma fé é totalmente inútil quando Jesus Cristo não é o principal objeto e não ocupa o lugar principal.

Existem portanto, muitos homens e mulheres batizados que praticamente nada sabem sobre Cristo. A fé deles consiste em algumas noções vagas e expressões vazias. “Mas eles crêem, não são piores que outros; eles se mantêm na igreja, tentam fazer suas obrigações; não prejudicam a ninguém; esperam que Deus seja misericordioso para com eles! Eles confiam que o Poderoso perdoará seus pecados e os levará para o céu quando morrerem”. Isto é quase a totalidade da sua fé.

Mas o que estas pessoas sabem de fato sobre Cristo? Nada! Nada mesmo! Que relação experiencial eles têm com Seus ofícios e obra, Seu sangue, Sua justiça, Sua mediação, Seu sacerdócio, Sua intercessão? Nenhuma! Nenhuma mesmo! Pergunte-lhes sobre a fé salvífica; pergunte-lhes sobre nascer de novo do Espírito; pergunte-lhes sobre ser santificado em Cristo Jesus. Que resposta você terá? Você é um bárbaro para eles. Você lhes perguntou questões bíblicas simples, mas eles não sabem mais sobre elas, experimentalmente, do que um budista ou um mulçumano.
E mesmo assim, esta é a fé de centenas de milhares de pessoas por todo mundo que são chamadas de cristãs.

Se você é um homem deste tipo, eu o advirto claramente que tal cristianismo nunca o levará para o céu. Ele pode fazer muito bem aos olhos dos homens; pode ser aprovado no conselho da igreja, no escritório, no parlamento inglês ou nas ruas, mas ele nunca o confortará; nunca satisfará sua consciência; nunca salvará sua alma.

Eu o advirto claramente, que todas as noções e teorias sobre Deus ser misericordioso sem Cristo são ilusões sem fundamento e imaginações vãs. Tais teorias são puramente ídolos da invenção humana, tanto quanto os ídolos hindus. Elas são todas da terra, terrestres; nunca desceram do céu. O Deus do céu selou e nomeou Cristo como o único Salvador e caminho para a vida e todos que quiserem ser salvos devem satisfazer-se em serem salvos por Ele, do contrário, de forma alguma serão salvos.

Eu lhe dou um aviso legítimo: Uma fé sem Cristo nunca salvará sua alma.
Mas eu ainda tenho outra coisa a dizer. Uma fé é inteiramente inútil quando se une qualquer coisa a Cristo com respeito a salvação da sua alma. Você não deve somente depender de Cristo para salvação, mas deve depender de Cristo somente e exclusivamente de Cristo.

Existem multidões de homens e mulheres batizados que professam honrar a Cristo, mas na realidade O desonram grandemente. Eles dão a Cristo um certo lugar no seu sistema religioso, mas não o lugar que Deus tencionou que Ele ocupasse. Cristo, exclusivamente, não é “tudo em todos” para suas almas. Não!
É Cristo e a igreja; ou Cristo e os sacramentos; ou Cristo e Seus ministros ordenados; ou Cristo e a bondade deles; ou Cristo e suas orações; ou Cristo e a sinceridade e caridade deles, nas quais eles realmente descansam suas almas.

Se você é um cristão deste tipo, eu também o advirto claramente que sua fé é uma ofensa a Deus. Você está mudando o plano de salvação de Deus em um plano da sua própria invenção. De fato você está depondo Cristo do seu trono, dando a glória que Lhe é devida a outro.

Eu não me importo quem lhe ensina sua fé, cuja palavra você confia. Se ele é papa ou cardeal, arcebispo ou bispo, diácono ou presbítero, episcopal ou presbiteriano, batista, independente ou metodista; quem quer que acrescente alguma coisa a Cristo, está ensinando incorretamente.

Eu não me preocupo com o que você está juntando a Cristo. Se é a necessidade de unir-se a igreja de Roma, ou de ser um episcopal, ou um sacerdote independente, ou desistir da liturgia, ou de ser batizado por imersão. O que quer que seja que você acrescente a Cristo no que se refere a salvação, você ofende a Cristo.

Atente para o que você está fazendo. Cuidado para não dar aos servos de Cristo a honra devida a ninguém, além de Cristo. Cuidado para não dar às ordenanças a honra devida ao Senhor. Cuidado para não descansar o fardo de sua alma em coisa alguma a não ser Cristo e Cristo exclusivamente. Cuidado para não ter uma fé que seja inútil e que não pode salvar.

É horrível não ter nenhuma fé. Ter uma alma imortal confiada ao seu cuidado e negligenciá-la, é terrível. Porém, não menos terrível, é estar contente com uma fé que não lhe pode fazer nenhum bem.
Não permita que esse seja seu caso.

Autor: J.C.Ryle - http://www.geocities.com/arpav/biblioteca/ - Adaptação para o blog: Rev. Ronaldo Mendes

postheadericon Gente, essa é para rir um pouquinho!!!!

BOM MARIDO
Luís Fernando Veríssimo

Minha esposa e eu sempre andamos de mãos dadas. Se eu soltar, ela vai às compras.

Ela tem um liquidificador elétrico, uma torradeira elétrica, e uma máquina de fazer pão elétrica.
Então ela disse: 'Nós temos muitos aparelhos, mas não temos lugar pra sentar'.
Daí comprei pra ela uma cadeira elétrica.

Eu me casei com a 'Sra. Certa'. Só não sabia que o primeiro nome dela era 'Sempre'.

Já faz 18 meses que não falo com minha esposa. É que não gosto de interrompê-la.
Mas tenho que admitir, a nossa última briga foi culpa minha.
Ela perguntou: 'O que tem na TV?' E eu disse 'Poeira'.

No começo Deus criou o mundo e descansou.
Então, Ele criou o homem e descansou.
Depois, criou a mulher. Desde então, nem Deus, nem o homem, nem o Mundo tiveram mais descanso.

Quando o nosso cortador de grama quebrou, minha mulher ficava sempre me dando a entender que eu deveria consertá-lo. Mas eu sempre acabava tendo outra coisa para cuidar antes, o caminhão, o carro, a pesca, sempre alguma coisa mais importante para mim. Finalmente ela pensou num jeito esperto de me convencer.
Certo dia, ao chegar em casa, encontrei-a sentada na grama alta, ocupada em podá-la com uma tesourinha de costura. Eu olhei em silêncio por um tempo, me emocionei bastante e depois entrei em casa.
Em alguns minutos eu voltei com uma escova de dente e lhe entreguei.
'- Quando você terminar de cortar a grama,' eu disse, 'você pode também varrer a calçada.'
Depois disso não me lembro de mais nada. Os médicos dizem que eu voltarei a andar, mas mancarei pelo resto da vida'.

'O casamento é uma relação entre duas pessoas na qual uma está sempre certa e a outra é o marido...'

postheadericon Como ter uma vida abundante?

3º) UMA VIDA DE ORAÇÃO GENUÍNA.

O terceiro principio para se viver uma vida abundante é ter uma vida de oração genuína. O que tornou-se destaque na vida de Jabez foi a sua oração. Jabez ousou em oração – a primeira vista seu pedido era egoísta, porém foi algo que agradou a Deus ao ponto de Ele atende-la.

Jabez ilustra três coisas que podemos pedir a Deus e esperar resposta:

Jabez orou por poder de Deus em sua vida, ele orou: “Se efetivamente me abençoares” “se me deres o teu poder!” – homens e mulheres de Deus devem ser cheios de poder de Deus!isso é básico para uma vida abundante.

Jabez orou pela presença de Deus em sua vida, ele orou: “que seja comigo a Tua mão”. Jabez sabia que seu pedido era grandioso e que a cobrança sobre si seria maior, por isso ele clamou pela presença de Deus em sua vida. Tenha certeza, se você clamar pela presença de Deus em sua vida Ele te atenderá.

Jabez orou por proteção de Deus em sua vida, ele orou: “...me preserves do mal, de modo que não me venha aflição”. Quanto mais poder, quanto mais abundante você for, mais perseguição, mais critica você irá sofrer, por isso mais necessidade da proteção, da blindagem de Deus você tem. Mas tenha uma certeza que Jabez teve – com a proteção de Deus, você não precisa temer o mal: “Maior é o que esta em vós, do que o que está no mundo” (I Jo. 4.4).

Se você seguir estes três princípios de Jabez de ter grandes sonhos; de crescer na fé; ter uma vida de oração genuína, com certeza sua vida será abundante.

Rev. José Ricardo Azevedo Capelari.

postheadericon Milagres!

Estava fazendo minha devocional, quando me deparei com esta passagem da Bíblia (Lucas 8-não vou colocar o texto aqui para que você possa manusear sua Bíblia e descobrir maravilhosas verdades dentro dela). O texto já me é bastante conhecido, mas como eu costumo dizer: "a cada nova leitura da 'palavra' o Senhor fala coisas novas comigo", e desta vez não foi diferente. Tive uma nova visão dos motivos pelos quais Jesus permitui que aquela "legião" saisse do geraseno e fosse para a manada de porcos, vi também a mulher com o fluxo continuo de sangue e a cura maravilhosa efetuada por Jesus, e ainda o seu ato de amor dizendo: "Filha, a tua fé te salvou; vai-te em paz". Ai cheguei no episódio da ressurreição da filha de Jairo, outro texto conhecido a mim, no qual inclusive, eu já preguei algumas vezes, porém, ao lê-lo novamente, algo novo me veio a mente, e isso baseado no que Jesus diz no fim de Lucas 8: "Tendo chegado à casa, a ninguém permitiu que entrasse com ele, senão Pedro, João, Tiago e bem assim o pai e a mãe da menina" (Lucas 8.51)..."Seus pais ficaram maravilhados, mas ele lhes advertiu que a ninguém contassem o que havia acontecido" (Lucas 8.56). Essas atitudes de Jesus são bem interessantes, e até diferente do que vemos hoje, tanto nos templos quanto na TV, onde o milagre é "marketeado" ao extremo, as curas tornaram-se produto de vendas no mercado interno e também no mercado externo, igrejas expandem sua "filiais" baseadas em seus muitos feitos, milagres e maravilhas, porém Jesus mostra o feito somente a cinco pessoas (3 discipulos mais o pai e a mãe da menina) e no fim diz: "não contem isso a ninguém!". Mas porque Jesus toma essa atitude? Qual o objetivo dEle em manter aquilo em discrição?
Ao ler o comentário bíblico NVI, vejo o autor dizendo o seguinte: "Jesus continua a sua caminhada e encontra a casa de Jairo tomada pelos pranteadores profissionais, mas, visto 'não querer tornar a ressurreição dos mortos um negócio teatral e espetacular', ele deixa todos de fora, a não ser os pais da menina e os seus discípulos mais íntimos"...(pág. 1663).
Jesus não queria tornar o ato do milagre em algo teatral, espetacular, televisivo, como um produto em si mesmo, que por si só chama a atenção e cativa o espectador, creio que não era esse o objetivo de Jesus, pelo contrário, seu objetivo era mostra o Reino dos Céus, pregar as Boas Novas, como vemos no iníco do capítulo 8, verso 1. Em nenhum momento Cristo mercadejou nada, comparou nada, propagandeou nada, pelo contrário, seu objetivo era mostrar àquele povo a necessidade do arrependimento e do perdão de seus pecados, atos manisfestos através do verdadeiro poder de Deus. Os milagres, como o próprio nome diz, são maravilhas, mas que precisam glorificar o nome de Deus, porém de forma verdadeira, santa, e que e nenhum momento seja, mesmo que de uma ínfima forma, associada ao ser humano, pois quando o milagre é associado ao homem, mesmo que digam que foi Deus quem fez, já perdeu seu valor divino, e está atrelado ao inimigo de nossas almas. O milagre verdadeiro faz com que o homem diminua a um ponto invisível, e que Cristo cresça a um ponto glorioso, o que é diferente disso provém do malígno.
Meu desejo é que ainda nesta terra essa verdade possa prevalecer, e que possamos andar pelas ruas ou navegar pelos canais de TV sem ter que ver a triste cena das fachadas dos templos ou das propagandas de TV anunciando "bençãos" como a Broadway anuncia seus musicais.

postheadericon Como ter uma vida abundante?





















O segundo princípio para alcançarmos uma vida abundante é:

CRESCER NA FÉ.

O segundo principio para se ter uma vida abundante é expandir os horizontes de sua fé! Jabez tinha esta fé, ele orou crendo que Deus o ajudaria em seus sonhos. Jabez tinha a mesma fé de William Carey, que disse: “Empenhe-se em realizar grandes coisas para Deus; espere grandes coisas de Deus”.

Na Bíblia não há menção de que Jabez fosse um homem instruído ou rico, também não fala que Jabez possuía algum dom ou talento especial, o que a Bíblia nos mostra era um homem comum com uma fé incomum, então não se preocupe com o que você não tem, pois se você tiver fé, Deus lhe dará o poder necessário, pois Deus ama usar pessoas comuns que crêem nEle, que confiam profundamente nEle. A fé de Jabez fez com que Deus o ajudasse e atendesse a sua oração.

Existe algo mais importante que talento, habilidade ou instrução – A FÉ!

Jabez foi um homem que teve suas dificuldades, seu nascimento foi traumático, a ponto de seu nome lhe lembrar constantemente isso – v. 9. ele se chamava “Doloroso”. Você gostaria de ser chamado de “doloroso” – “lá vem o doloroso!”, “olha lá o “seu” doloroso!”, mas Jabez tinha uma fé maior que suas dificuldades, sua fé o levou adiante!

Independente do que ele já havia passado, sua fé o levou a olhar somente para frente e a sonhar com coisas muito grandes.

Qual é a sua dificuldade? é física? é espiritual? um casamento infeliz? qualquer que seja o seu problema, Deus diz: “Tudo é possível ao que crê” (Mc. 9.23).

O primeiro principio está bem na postagem a baixo, caso você não tenha lido, convido-lhe a ler, será edificante para a sua vida. Amanhã eu volto com o terceiro principio, fechando esta valiosa lição para sua vida. Volte, Deus tem mais a falar com você, até lá...(próxima em 07/08/09).

postheadericon Como ter uma vida abundante?

Nas próximas postagens, estarei trazendo um estudo sobre "COMO ALCANÇAR UMA VIDA ABUNDANTE?", é um estudo que eu dividi em algumas partes para que você leitor possa entender detalhadamente alguns passos necessários para se ter uma vida abundante e feliz, espero que seja edificante para a sua vida, e que você possa alncançar o muitos desejam na jornada da vida: ser abundante e feliz! - boa leitura.

QUEM AQUI QUER TER UMA VIDA ABUNDANTE?

Vivemos dias de extremas dificuldades. Nosso quadro político e social anda desregrado e corrompido, vivemos uma era de extrema insegurança – em relação ao amanha; em relação a nossa integridade física e moral; etc.

Todo o quadro que ao nosso redor nos gera uma profunda infelicidade, vivemos esperando oportunidades que há muito tempo já não batem mais a nossa porta e há muito tempo não sabemos o que é viver uma vida realmente abundante.

E como então mudar o rumo de nossa historia e passarmos a viver o que realmente é abundante? Pois muitas vezes estamos buscando plenitude naquilo que não pode nos encher!

O nosso exemplo de como alcançar uma vida abundante se chama Jabez, ultimamente muito se tem escrito sobre este homem, pois seu pequeno exemplo nos traz grandes lições.

“Jabez suplantou seus irmãos. Sua mãe lhe o nome de Jabez, dizendo: “Dei a luz entre dores.” Jabez invocou o Deus de Israel: “Se efetivamente me abençoares”, disse ele, “aumentaras meus território, tua mão estarás comigo, farás que se afaste o mal e minha dor terá fim.” Deus lhe concedeu o que pedira.” (I Cr. 4.9-10 – BJ).

Literariamente a historia de Jabez acaba por aqui, espiritualmente não. Por causa de sua oração, Jabez se destacou em uma genealogia com mais de 600 nomes, e nesta oração tiramos alguns principios que nos ensinarão a viver uma vida abundante.

1º) TER UM GRANDE SONHO.

O primeiro principio para se ter uma vida abundante é ter grandes sonhos! Jabez tinha um grande sonho!

Enquanto seus amigos se contentavam com suas vidas medianas, Jabez tinha um grande sonho para sua vida. Jabez disse: “Eu quero que Deus me abençoe. Eu quero algo grande. Eu quero fazer algo significativo com minha vida”.

Jabez queria ser um homem abençoado, acima da média, ele pediu: “Deus, abençoa-me e aumenta meu território!” – ele desejava mais que tudo a benção de Deus em sua vida.

Pessoas que deixam de sonhar morrem!

Pessoas que não desejam ardentemente a benção de Deus sobre suas vidas patinam na mediocridade.

Existem dois conceitos falsos que nos impedem de ter grandes sonhos:

1.CONFUNDIMOS HUMILDADE COM MEDO:

Afirmamos: “Ah, eu nunca poderia fazer isso” - e achamos assim que estamos sendo humildes, isso é medo; a pessoa verdadeiramente humilde dirá: “Com a ajuda de Deus eu posso realiza-lo. Com a benção de Deus eu irei realiza-lo”.

2. CONFUNDIMOS PENSAMENTOS LIMITADOS COM ESPIRITUALIDADE:

Algumas pessoas dizem: “Eu sirvo a Deus do meu jeito”. E eu lhes digo: “Porque você não deixa Deus usar-lhe da forma que Ele quer, deixe Deus usa-lo mais e de forma abundante”.

Outras pessoas dizem: “Eu sou do jeito que sou, Deus me fez assim”. – pare de culpar a Deus por causa de seus pensamentos limitados, Deus lhe fez para ser grandemente usado.

Ter um grande sonho faz com que sua vida se torno um instrumento livre nas mãos de Deus, permitindo que Ele lhe use e te torne abundante.


Você já tem o primeiro principio para assimilar em sua vida: ER UM GRANDE SONHO. na próxima postagem te mostrarei o segundo principio, para que você alcance um vida abundante.

Deus te abençoe e até a próxima postagem...(06/08/09)


postheadericon GRIPE A - PERGUNTAS E RESPOSTAS:



PERGUNTA
RESPOSTA
1.-
Quanto tempo dura vivo o vírus numa maçaneta ou superfície lisa?
Até 10 horas.
2. -
Quão útil é o álcool em gel para limpar-se as mãos?
Torna o vírus inativo e o mata.
3.-
Qual é a forma de contágio mais eficiente deste vírus?
A via aérea não é a mais efetiva para a transmissão do vírus, o fator mais importante para que se instale o vírus é a umidade, (mucosa do nariz, boca e olhos) o vírus não voa e não alcança mais de um metro de distancia.
4.-
É fácil contagiar-se em aviões?
Não, é um meio pouco propício para ser contagiado.
5.-
Como posso evitar contagiar-me?
Não passar as mãos no rosto, olhos, nariz e boca. Não estar com gente doente. Lavar as mãos mais de 10 vezes por dia.
6.-
Qual é o período de incubação do vírus?
Em média de 5 a 7 dias e os sintomas aparecem quase imediatamente.
7.-
Quando se deve começar a tomar o remédio?
Dentro das 72 horas os prognósticos são muito bons, a melhora é de 100%
8.-
De que forma o vírus entra no corpo?
Por contato ao dar a mão ou beijar-se no rosto e pelo nariz, boca e olhos.
9.-
O vírus é mortal?
Não, o que ocasiona a morte é a complicação da doença causada pelo vírus, que é a pneumonia.
10.-
Que riscos têm os familiares de pessoas que faleceram?
Podem ser portadores e formar uma rede de transmissão.
11.-
A água de tanques ou caixas de água transmite o vírus?
Não porque contém químicos e está clorada
12.-
O que faz o vírus quando provoca a morte?
Uma série de reações como deficiência respiratória, a pneumonia severa é o que ocasiona a morte.
13.-
Quando se inicia o contagio, antes dos sintomas ou até que se apresentem?
Desde que se tem o vírus, antes dos sintomas.
14.-
Qual é a probabilidade de recair com a mesma doença?
De 0%, porque fica-se imune ao vírus.
15.-
Onde encontra-se o vírus no ambiente?
Quando uma pessoa portadora espirra ou tosse, o vírus pode ficar nas superfícies lisas como maçanetas, dinheiro, papel, documentos, sempre que houver umidade. Já que não será esterilizado o ambiente se recomenda extremar a higiene das mãos.
17.-
O vírus ataca mais às pessoas asmáticas?
Sim, são pacientes mais suscetíveis, mas ao tratar-se de um novo germe todos somos igualmente suscetíveis.
18.-
Qual é a população que está atacando este vírus?
De 20 a 50 anos de idade.
19.-
É útil a máscara para cobrir a boca?
Existem alguns de maior qualidade que outros, mas se você não está doente é pior, porque os vírus pelo seu tamanho o atravessam como se este não existisse e ao usar a máscara, cria-se na zona entre o nariz e a boca um micro clima úmido próprio ao desenvolvimento viral: mas se você já está infectado use-o para não infectar aos demais, apesar de que é relativamente eficaz.
20.-
Posso fazer exercício ao ar livre?
Sim, o vírus não anda no ar nem tem asas.
21.-
Serve para algo tomar Vitamina C?
Não serve para nada para prevenir o contagio deste vírus, mas ajuda a resistir seu ataque.
22.-
Quem está a salvo desta doença ou quem é menos suscetível?
A salvo não esta ninguém, o que ajuda é a higiene dentro de lar, escritórios, utensílios e não ir a lugares públicos.
23.-
O vírus se move?
Não, o vírus não tem nem patas nem asas, a pessoa é quem o coloca dentro do organismo.
24.-
Os mascotes contagiam o vírus?
Este vírus não, provavelmente contagiem outro tipo de vírus.
25.-
Se vou ao velório de alguém que morreu desse vírus posso me contagiar?
Não.
26.-
Qual é o risco das mulheres grávidas com este vírus?
As mulheres grávidas têm o mesmo risco mas por dois, podem tomar os antivirais mas em caso de contagio e com estrito controle médico.
27.-
O feto pode ter lesões se uma mulher grávida se contagia com este vírus?
Não sabemos que estragos possa fazer no processo, já que é um vírus novo.
28.-
Posso tomar acido acetilsalicílico (aspirina)?
Não é recomendável, pode ocasionar outras doenças, a menos que você tenha prescrição por problemas coronários, nesse caso siga tomado.
29.-
Serve para algo tomar antivirales antes dos síntomas?
Não serve para nada.
30.-
As pessoas com AIDS, diabetes, câncer, etc., podem ter maiores complicações que uma pessoa sadia se contagiam com o vírus?
SIM.
31.-
Uma gripe convencional forte pode se converter em influenza?
NAO.
32.-
O que mata o vírus?
O sol, mais de 5 dias no meio ambiente, o sabão, os antivirais, álcool em gel.
33.-
O que fazem nos hospitais para evitar contágios a outros doentes que não têm o vírus?
O isolamento.
34.-
O álcool em gel é efetivo?
SIM, muito efetivo.
35.-
Se estou vacinado contra a influenza estacional sou inócuo a este vírus?
Não serve para nada, ainda não existe vacina para este vírus.
36.-
Este vírus está sob controle?
Não totalmente, mas estão tomando medidas agressivas de contenção.
37.-
O que significa passar de alerta 4 a alerta 5?
A fase 4 não faz as coisas diferentes da fase 5, significa que o vírus se propagou de Pessoa a Pessoa em mais de 2 países; e fase 6 é que se propagou em mais de 3 países.
38.-
Aquele que se infectou deste vírus e se curou, fica imune?
SIM.
39.-
As crianças com tosse e gripe têm influenza?
É pouco provável, pois as crianças são pouco afetadas.
40.-
Medidas que as pessoas que trabalham devam tomar?
Lavar-se as mãos muitas vezes ao dia.
41.-
Posso me contagiar ao ar livre?
Se há pessoas infectadas e que tosam e/ou espirre perto pode acontecer, mas a via aérea é um meio de pouco contágio.
42.-
Pode-se comer carne de porco?
SIM pode e não há nenhum risco de contágio.
43.-
Qual é o fator determinante para saber que o vírus já está controlado?
Ainda que se controle a epidemia agora, no inverno boreal (hemisfério norte) pode voltar e ainda não haverá uma vacina.

Ocorreu um erro neste gadget

Arquivo do blog

Você é nosso visitante

Obrigado!

Seguidores

Voltemos ao Evangelho

Diga não a essa atrocidade!

Diga não a essa atrocidade!
Pedofilia é crime!

Afiliado a UBE



Sociedade Calvinista

Bases da Reforma

Bases da Reforma
Valores da liberdade protestante

Dicionário Hebraico

Tradutor Online
Desenvolvido por Alexandre Rossi. Tecnologia do Blogger.

Siga-me no Twitter

Siga-me no Twitter
twitter.com/_capelari

Vale a pena ler!

  • O Livro mais mal humorado da Bíblia - Ed René Kivitz
  • O discipulado dinâmico - Kuhne
  • Religião, uma bandeira do inferno - Glenio Paranaguá
  • Cruz Credo, o credo da cruz - Glenio Paranaguá
  • Ponha ordem em seu mundo interior - Gordon McDowell
  • Corra com os cavalos - Eugene Peterson
  • Pastoreando a Igreja - Joseph Stowell
  • Liderança em tempos de crise - Charles Swindoll
  • Bíblia Sagrada - Todas edições
  • Revista Ultimato

Click na imagem e ouça a rádio da Igreja Presbiteriana do Brasil

IPB - Rádio & TV

IPB - Rádio & TV
Todas as quartas-feiras pela RTV Canal 10 às 20:00hs para Maringá e região. Click e acesse o conteúdo on line

Conheça a PL 22

NÃO À PL 122